Atendimento Clínico

Como funciona o atendimento clínico?

Para um diagnóstico clínico completo das causas que levam ao mau desempenho acadêmico, é necessário investigar os diversos fatores envolvidos no processo de aprendizagem e estes, podem estar relacionados a questões cognitivas, emocionais, sociais ou pedagógicas.

Sendo assim, o trabalho psicopedagógico é dividido em dois momentos: a avaliação diagnóstica e a intervenção  psicopedagógica, quando recomendada.

Avaliação fundamentada na psicopedagogia e neuropsicologia cognitiva

A avaliação psicopedagógica dura em torno de 8 a 10 sessões. Na primeira sessão, é feita uma entrevista  com os pais, para que se obtenha maiores informações sobre o histórico do paciente. Nas sessões seguintes, o paciente é submetido a diversos testes psicopedagógicos, capazes de identificar as possíveis origens das queixas de aprendizagem. O processo inclui também, uma ou duas visitas à escola, dependendo do caso e por fim, realiza-se uma sessão de devolutiva aos pais.

Caso seja necessário, o paciente pode ser encaminhado a outros especialistas, para que se confirme a hipótese diagnóstica.

Intervenção psicopedagógica

Caso a intervenção psicopedagógica seja recomendada, um plano de ação é então elaborado, visando o desenvolvimento das habilidades que encontram-se prejudicadas. O tempo de duração pode variar conforme o caso.    

Métodos multissensoriais.